Jornada Mundial da Juventude 2016, um evento marcante, emocionante e inesquecível!

Jornada Mundial da Juventude 2016, um evento marcante, emocionante e inesquecível!

1
COMPARTILHAR
Nosso grupo em frente ao Ginásio, nosso alojamento durante a JMJ.

Eu, e mais 14 pessoas da Paróquia São Cristóvão de Bauru, pudemos vivenciar 10 dias de muita emoção, alegria, medo, aventura e de muito amor a Deus e ao próximo em Cracóvia, na Polônia.

Saímos de Bauru no dia 23 de julho, um sábado às 6 horas da manhã para viver uma viagem inesquecível e enriquecedora.
Chegamos em Guarulhos por volta das 11 horas da manhã e às 15 horas embarcamos rumo a Roma. Foram quase 11 horas dentro do avião, a ansiedade de chegar em Cracóvia só aumentava.

IMG-20160723-WA0032
Nosso grupo saindo de Guarulhos-SP.

De Roma fomos para Berlim, e lá vivenciamos o primeiro obstáculo, uma mala do nosso grupo foi extraviada. A tristeza nos afetou por algumas horas, mas foi também em Berlim que apareceu o primeiro anjo em nosso caminho, a Luísa, uma amiga de Bauru que está em intercâmbio na Alemanha.
Depois de ter feito a ocorrência no aeroporto, ela nos levou para o centro de Berlim para almoçarmos, e logo em seguida, para conhecermos a Catedral de Berlim, uma igreja linda e enorme. Infelizmente não pudemos entrar, mas tiramos algumas fotos por fora.

IMG-20160724-WA0040
Catedral de Berlim.

Depois rápido passeio pelo centro de Berlim, Luísa nos guiou até a rodoviária. Lá partimos rumo a tão esperada Cracóvia. Foram oito horas de viagem. Uma viagem longa, cansativa e um pouco desconfortável, pois o ônibus era um pouco apertado, mas a viagem foi tudo bem.

Por volta das 4 horas da manhã do dia 25 de julho, dia do nosso Padroeiro São Cristóvão, chegamos em Cracóvia. E na rodoviária já encontramos com uma integrante do nosso grupo que estava na Irlanda, a Taylle, que também tinha chegado há pouco tempo em Cracóvia. Agora sim nosso grupo estava completo, 15 pessoas, 15 peregrinos de Bauru!

E dali, precisávamos partir para o nosso alojamento, que era em Gdów, uma cidadezinha bem próxima de Cracóvia. Mas mais uma surpresa nos esperava, ninguém do nosso alojamento estava nos esperando como tinha nos informado. Nos vimos perdidos e sem saber o que fazer e para onde seguir. Mas, mais três anjos apareceram em nossa jornada, Ana Paula, Laura e Letícia, três voluntárias de Bauru, da Paróquia Santa Rita, que estavam em Cracóvia desde o dia 18 de julho foram nos encontrar na rodoviária. E de lá nos levaram para o Centro São João Paulo II, local em que todos os voluntários estavam alojados.
Lá comemos, fomos ao banheiro, conhecemos a igreja, descansamos e depois de algumas horas um voluntário nos ajudou com a locação de um ônibus para nos levar até Gdów.
No meio da tarde finalmente chegamos a Gdów e na igreja próxima ao nosso alojamento pegamos nosso kit peregrino e nos levaram até o ginásio em que ficamos alojados durante a JMJ.
No ginásio ficamos em uma sala de aula só para o nosso grupo, até aí tudo ok, mas a surpresa estava por vir, o local do banho. Um voluntário nos levou até a lateral do ginásio, e lá nos mostrou, tinham dois “boxes”, uma masculino e um feminino, cada um com 6 chuveirinhos. Então, descobrimos que nosso banho seria ao ar livre e com uma água bem geladinha, super agradável para quem iria chegar todos os dias tarde da noite, com uma temperatura amena, apesar de estar no verão, e com grande vontade de tomar banho não?!
Mas jornada é isso, sacrifícios e desafios a serem vencidos.

IMG-20160803-WA0166
Nosso local de tomar banho no alojamento, em Gdów.

Depois de termos tomado nosso primeiro banho geladinho, fomos conhecer um pouco a cidadezinha que estávamos alojados. Andamos um pouco pelo centro, e por volta das 19h fomos para a igreja, pois sabíamos que lá na praça teria a janta. Mas antes, entramos na igreja para conhecer e para nossa feliz surpresa uma missa em português estava começando, sentimos um grande privilégio de participar de uma missa em nosso idioma no dia do nosso padroeiro, São Cristóvão, sentimos uma felicidade muito grande!

IMG-20160726-WA0049
Nosso grupo após assistir a missa em português no dia do nosso padroeiro, São Cristóvão.

Depois, fomos pegar a janta, para muitos não agradou, esse era outro desafio, uma culinária totalmente diferente do Brasil. A janta era uma sopa de linguiça com batatas com um caldo bem aguado e orégano, não era ruim, mas também não era bom. Hehe

Como muitos não jantaram a sopa, passamos num mercadinho antes de ir para o alojamento, compramos algumas coisas e fomos para o ginásio descansar. E assim foi nosso primeiro dia na Polônia, já com muitas aventuras e surpresas.

Em breve mais histórias sobre a JMJ, fique ligado no Papos de Banheiro 😉

#JMJ2016 #Cracóvia2016

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA