Lá vem os 30 (e não é tão ruim assim)

Lá vem os 30 (e não é tão ruim assim)

35
COMPARTILHAR
Esses dias meu sobrinho de 7 anos perguntou se já existiam celulares quando eu era adolescente… e foi aí que me toquei: daqui poucos meses faço 30 anos!
30anosjoey
Tem todo aquele drama em torno desse numerozinho polêmico, lembro de quando a Sandy fez 30, aquilo bagunçou minha cabeça!
Três décadas! TRÊS DÉCADAS! Quando paro pra pensar sobre quantos anos vou fazer não consigo não me impressionar.
Quando tinha meus 15 anos uma pessoa de 30 parecia ser muito diferente de como me sinto hoje. Imaginava coisas como: não poderei usar All-Star e já terei um filho ou dois! A verdade é que nada disso aconteceu, muitas perguntas continuam sem respostas e pensamentos que tinha como verdades absolutas não existem mais.
Imaginava também que me sentiria muito madura mas ainda tenho medo de escuro e corro pra cama quando apago a luz.
30anos
Imaginava que o pique para baladas diminuiria bastante, opa pera… isso de fato aconteceu, rs.  Como assim a banda começa as 2 da madrugada e não tem lugar pra sentar? Mas isso é uma particularidade minha, se você tem 30, 40, 50 e curte balada, cara, tá de parabéns, porque só de pensar em chegar em casa de madrugada já sinto sono
sono
Se isso faz de mim uma pessoa “velha” então sou velha desde os 18 anos!
Achava cerveja um tréco horrível
Achava! Como alguém pode não gostar disso?
Achava! Como alguém pode não gostar disso?
Recebemos muito mais convites para chá de bebê e casamentos do que baladas ( graças a Deus tem lugar pra sentar), e nos tornamos “tias” de filhos de amigos nossos! E nesse caso ouvir alguém nos chamar de “tia” é motivo de muito orgulho!

Estou achando incrível fazer 30 anos! Tudo bem que eu era uma adolescente bem esquisita, mas me sinto mais bonita, mais confiante, e me preocupo muito menos com o que os outros pensam sobre mim! Me livrei de algumas neuras e percebi que muitas coisas que julgava terríveis não são o fim do mundo! A vida nem sempre funciona do jeito que esperamos ou sonhamos, mas como diriam os Rolling Stones:

You Can’t Always Get What You Want
But if you try sometimes, yeah
You just might find you get what you need

A um tempo atrás fazer 30 anos me parecia assustador, hoje não! Sinto que estou vivendo minha melhor fase!
Se você é adolescente e está lendo esse post, tenha certeza de uma coisa: Não tenha certeza de nada. Sim! Você vai mudar, pode apostar! Seus 20 e poucos estão legais né? Mas não se compara ao que vem por aí!
E se você está comigo nessa jornada adulta dos 30 anos: #tamojunto, cada dia com uma versão melhor de nós mesmos!
#papode30 #boracomemorar
comemorar30

35 Comentários

  1. Amei o texto! Faltam alguns meses para os meus 30.. Mas isso já tem ocupado minha cabeça!
    Não é nada como imaginava… Mas tem sido una delícia! Kkkk

  2. Essa frase “Quando tinha meus 15 anos uma pessoa de 30 parecia ser muito diferente de como me sinto hoje” É rsrsrs Muito bom o texto. Estou a 4 meses dos meus 31 e muitas coisas mudaram. Creio q não na mágica dos 30, mas o processo chegou nos 30 com pensamentos ammmm libertadores? (pode ser) =)

  3. Fiz 29 dia 14 e de certa forma estou ansiosa pelos 30. Esse trecho do texto sou eu direitinho: “Imaginava também que me sentiria muito madura mas ainda tenho medo de escuro e corro pra cama quando apago a luz”.
    Também imaginava terrível chegar aos 30 pensava que seria uma velha careta, mas não, algumas coisas mudaram outras não, mas sinceramente prefiro o eu de agora do que de 10 anos atrás.

  4. O mais chato são as “cobranças da sociedade”.
    ” Nossa você ainda não tem filhos??Como assim ?? Cuidado com a idade!!
    Affff um saco …😡😠

  5. Ah meus 30 anos…
    Quando fiz 29 me assustei… oscilo na alegria e tristeza de trintaR…
    Mas a alegria tem se tornado mais presente a medida que ocupo minha ansiedade com os preparativos da festa qUE eu mesma estou planejando…
    Enfim… a cabeça muda mesmo… belo texto

  6. A parte mais legal eh que quando eu era adolescente achava que velho era quem tinha 30…Tipo meu muito velho tipo uns 30 anos por aí
    . .hehehe. …olha nos aqui..batendo a porta dos 30 e não eh a mesma sensação de antes…Me sinto hoje na melhor fase da vida…30 anos eh algo maravilhoso…entramos em um novo ciclo…Somos lindas e não somos velhas como eu achava na adolescência. .

    • Muito melhor do que imaginávamos né? Eu lembro de brincar (zoar) muito um amigo meu de 30 quando eu tinha 20! E hoje meus 30 estão batendo na porta!

  7. Ameii o texto, eu tb confesso que me assustei quando me vi com 27 anos e pensei “cara os 30 ta ai”, e percebi que, o que me assustava, era não estar como imaginei a 10 anos atras, bem sucedida quase rica rsrs e olhar a minha volta e perceber que meninas mais jovens que eu estavam em um patamar mais alto (tipo essas youtubers famosas rsrs) foi quando refleti e entendi que cada um faz uma caminhada diferente, faz coisas diferentes, já tinha conquistado muito, não tenho filhos, não sou casada mas já tenho meu carrinho que era um sonho antigo, tenho um emprego estável, não é dos sonhos…ainda mas chegarei lá.Percebi que os 30 é so o começo, e que vem ele em 2017.

    • Olha, lembrei muito de mim agora no seu comentário… Tenho o blog já faz muito tempo, quando criei imaginava que estaria muito diferente hoje (tipo essas youtubers famosas tb), mas é como disse, cada um faz sua caminhada! 🙂

  8. Estou com 28 anos (sempre que vou dizer minha idade fico pensando antes de falar pra ter certeza rs). Ainda não bateu a neura de fato (e não sei se vai bater mesmo). Eu tbm me enxergo diferente agora do que imaginei anos atrás quando aqui chegasse. Formei enfermeira, casei há 2 anos e a minha única neura é a maternidade. Ainda não entrou na minha cabeça “abandonar” minha liberdade. Me acho nova pra isso, mas o relógio biológico chama (e o marido tbm rs). Sou feliz por tudo o que já passei e vivi até agora. Aceito bem o meu futuro. Se podesse voltar ao tempo, não mudaria nada, nadinha!

  9. Daqui a 18 minutos faço 30 anos. Engraçado…Achei esse texto do nada no facebook..coincidencia não? Valeu a pena ler…Até as próximas décadas!

  10. Ontem minha filha perguntou? Mãe quantos anos a senhora vai começar dia 24 desse mês? Respondi 59 . Meia assustada ele diz : nossa mãe é mesmo ainda não parei pra pensar kkkkk minha mãe com essa idade parece quarentona kkkkk verdade eu não.paro pra.pensar na idade pois vovó o presente. O meu futuro do Deus sabe. Adorei o texto e vamos curtir a vida, pois e boa demais.

  11. Fiz 27 no último domingo e passei o dia inteiro resmungando para minha esposa que estou perto dos 30 ( em certo tom de desespero), estava me preocupando com o fato de ainda não estar formada, ou de querermos esperar até mais uns 8 anos para termos um bebê. Foi uma agonia, até porque ela tem apenas 23 anos! Mas ao ler este post me identifiquei com absolutamente tudo e em uma rápida reflexão percebi que não gostaria de voltar no tempo e ter meus 18 de volta, por exemplo, mudei tanto e me aceitei tanto que agora prefiro a aceitação das três décadas do que a incerteza de um início de juventude. Boa jornada nos seus 30, já já chego lá! Rs

  12. Texto bem eu! Estou a menos de dois meses de fazer trinta. Não sou muito de comemorar aniversário, mas depois desse texto e dos comentários, estou começando a considerar essa possibilidade. Ter chegado até aqui, nos fazem guerreiras (o). A vida não é fácil e embora hj, minha vida esteja totalmente diferente do q eu imaginei aos quase trinta, (em tds os aspectos:físico, mental, financeiro e td q foi dito no texto), eu tbm me sinto feliz (as vezes rsrs). Brincadeira! Ótimo texto, vou postar! Rs

  13. Penso bastante sobre o processo de envelhecimento como um todo. Até agora não consigo enxergar muita beleza em tornar-se mais velho dia após dia. Entendo que tal caminho é intuitivo e racional: devemos “desaparecer” para que novas gerações possam chegar – o planeta não suportaria a presença da imortalidade dos humanos -, e isso só é possível envelhecendo, ou seja, fazendo aniversários. Porém, lembro que envelhecer traz como consequências perder pessoas, esquecer momentos, apagar risadas futuras. E isso é entristecedor. Talvez a única vantagem de mirrar seja ter tido a possibilidade de sofrer tal ação do tempo; simples assim. Quantos não gostariam de apenas ter essa chance, não?

DEIXE UMA RESPOSTA